Ligações fluviais entre Almada e Lisboa interrompidas quarta-feira à tarde

Transportadora afirma “não estar em condições de assegurar transporte alternativo” aos passageiros afetados.

 

As ligações fluviais entre a margem sul e Lisboa vão sofrer uma interrupção durante a tarde desta quarta-feira, dia 28 de Abril, devido à realização de um plenário geral convocado pelas organizações sindicais que representam os trabalhadores da Transtejo.

Assim, as ligações entre Cacilhas e o Cais do Sodré estarão interrompidas entre as 16h e as 19h45, enquanto que no sentido Cais do Sodré – Cacilhas a pausa decorre entre as 16h30 e as 20h.

 

No que diz respeito à ligação entre a Trafaria, Porto Brandão e Belém, a suspensão das ligações fluviais acontece das 16h às 20h30. Já no sentido inverso (Belém – Trafaria), a interrupção ocorre entre as 15h30 e as 21h.

De acordo com a agência Lusa, a transportadora fluvial indica “não estar em condições de assegurar transporte alternativo” aos utentes afetados pelas paralisações dos trabalhadores.

Para além do serviço entre Almada e Lisboa, também as ligações entre a capital e o Seixal e o Montijo irão sofrer interrupções temporárias durante a tarde desta quarta-feira. Já o serviço da Soflusa para o Barreiro, estará suspenso tanto da parte da manhã como da tarde.

Durante os períodos de paralisação, também os terminais da Transtejo e Soflusa estarão encerrados, por “questões de segurança”, informou ainda a transportadora.

 

Transtejo repõe horários completos na ligação a Cacilhas

 

va-ao-teatro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *