Encerramento do balcão da CGD no Monte de Caparica é “inaceitável”

Fecho da agência situada na zona histórica do Monte de Caparica teria um “impacto muito negativo junto da população”, assegura Teresa Coelho, presidente da União de Freguesias.

 

É o único balcão da Caixa Geral de Depóstitos (CGD) em toda a União de Freguesias do Monte de Caparica e Trafaria e está em risco de fechar. Nos últimos dias, foram vários os clientes da agência situada na rua Alfredo Cunha (na zona histórica do Monte de Caparica, em Almada) a receberem cartas dando conta do encerramento daquele balcão no próximo dia 22 de dezembro, sendo encaminhados para uma agência situada no Pragal.

Uma situação que Teresa Coelho, presidente da União de Freguesias, considera “inaceitável”. Em declarações ao ALMADENSE, a autarca garante que caso se concretize, a extinção daquela agência teria um “impacto muito negativo junto da população”. Assegura, por isso, que os moradores “vão fazer tudo para impedir o encerramento da única agência” no território da Caparica e Trafaria

“A CGD faz serviço público e é uma instituição de referência para os idosos do Monte de Caparica”, argumenta Teresa Coelho, que entretanto solicitou uma reunião à administração do banco público para abordar a questão.

Por considerar que aquela decisão iria “acarretar elevados prejuízos para a população”, a União de Freguesias lançou uma petição pública intitulada “Não fechem a CGD no Monte de Caparica”, mas não exclui a “realização de outras iniciativas” que possam impedir o encerramento.

 

Convocado protesto contra encerramento da Caixa Geral de Depósitos no Monte de Caparica

4 Comentários

    • Dezembro 11, 2020 at 7:27 pm
      Permalink

      Corrigido. Obrigada pelo alerta.

      Responder
  • Dezembro 11, 2020 at 11:23 pm
    Permalink

    Ate parece que fazem gala em fechar balcões.
    O sr . administrador manda o lacaio do continuo levantar dinheiro, nem se interessa onde fica a
    próxima agencia.
    E disto sei eu que também já passei por essa casa.

    SRS. ADMINISTRADORES TENHAM VERGONHA. CORTEM UM POUCO NOS VOSSOS ORDENADOS E NAS VOSSAS DESPESAS, NOS VOSSOS CARROS NOVOS TOPO DE GAMA, NOS TELEMOVEIS, NOS CARTOES DE CRÉDITO,……………

    Responder
    • Dezembro 12, 2020 at 10:52 am
      Permalink

      Gestores?!?!??? De quê?!?!?! Adorava ver estes ditos gestores em empresas próprias, onde não tivessem dinheiros públicos por trás da sua famosa gestão!!!! Isso sim, era de valor… Temos alguns bons exemplos em Portugal desses gestores de topo, EDP, TAP, MEO (Portugal telecom), CGD, Brisa entre outros, é tudo boa gestão!!!!!!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *