Covid-19: Almada suspende eventos culturais e fecha equipamentos municipais

Bibliotecas municipais encerram a partir de quinta-feira, bem como piscinas e museus. Feira dos Doces e do Chocolate também foi adiada.

 

A Câmara Municipal de Almada anunciou hoje o encerramento ao público de equipamentos municipais e a suspensão de diversos eventos culturais. As medidas surgem na sequência das orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do plano de contingência “com vista à redução de riscos de exposição e eventual contagio do Covid-19”, pode ler-se em comunicado.

Assim, a autarquia vai proceder ao encerramento de todas as bibliotecas municipais, do arquivo histórico, museus municipais, Fórum Municipal Romeu Correia, Oficina da Cultura e Galeria Municipal. Também as Casas da Juventude estão fechadas a partir de quinta-feira, dia 12, bem como as piscinas municipais. Apenas a Casa da Cerca, o Solar dos Zagallos e o Convento dos Capuchos vão permanecer abertos, mas sem programação ou atividades especiais.

Com início marcado para esta quinta-feira, dia 12 de Março, a Feira dos Doces e do Chocolate também foi adiada por decisão da União das Juntas de Freguesia de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas, que organizava o evento. O objetivo é garantir a redução dos riscos de exposição e contágio” relacionados com o novo coronavírus, bem como a “preservação da Saúde Pública”, indica a entidade em comunicado.

 

Atividades municipais suspensas

No que diz respeito às atividades municipais, estão suspensas todas as iniciativas relacionadas com o Março à Solta, os eventos culturais agendados para o Mercado das Torcatas, o roadshow regional Municípios + Inteligentes, as atividades relacionadas com o Dia da Floresta, o programa Mais Leitura, a Assembleia Municipal Jovem, a entrega de prémios de Carnaval 2020 e a programação no âmbito do Dia Internacional da Mulher.

Estão igualmente suspensos os programas Café Memória, Dança e Gira, bem como as atividades dos pavilhões municipais (com exceção da atividade escolar), as atividades no Complexo Municipal dos Desportos Cidade de Almada (sendo que as atividades de carácter competitivo irão decorrer à porta fechada) e as atividades dos programas Alma Sénior e Special Ludus.

Quanto aos serviços de atendimento da Câmara, mantêm o seu funcionamento, embora a autarquia recomende que os “munícipes privilegiem, sempre que possível, a via electrónica ou digital”.

Sujeitas a avaliação permanente, as medidas anunciadas prolongam-se até dia 5 de abril, podendo as atividades ser retomadas ou reprogramadas em função da evolução da situação. “A Câmara Municipal de Almada tomou estas medidas de forma preventiva para reduzir riscos e eventuais contágios”, afirmou a presidente da Câmara, Inês de Medeiros em comunicado. A autarca quis, no entanto, deixar uma “mensagem de tranquilidade e de confiança nas instituições nacionais e locais”, indicando que a Câmara continuará a “monitorizar de perto todos os desenvolvimentos, seguindo as recomendações da Direção-Geral de Saúde”.

 

Garcia de Orta com área exclusiva para casos suspeitos

garcia-orta

 

Desde 9 de Março que o Hospital Garcia de Orta, em Almada, conta com uma área específica para os casos suspeitos de Covid-19 que surjam na triagem do Serviço de Urgência. Como medida de prevenção, o hospital também restringe as visitas aos doentes internados a uma pessoa por dia.

Por sua vez, o Centro Garcia de Orta dedicado à formação, ensino e investigação suspendeu “temporariamente todas as atividades formativas externas e internas já programadas ou em planeamento, a partir do dia 10 de Março”.

 

Para obter mais informação sobre a doença provocada pelo coronavírus, consulte o site da Direção-Geral de Saúde.

 

Notícia atualizada 12 de Março às 12h48.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *