Atendimentos nas Urgências do Garcia de Orta 30% abaixo do ano passado

Número de pacientes atendidos nos serviços de urgência do Hospital de Almada está a aumentar desde Abril, mas ainda se encontra distante dos valores anteriores à pandemia.

 

Nos primeiros nove meses do ano foram atendidos cerca de 86 mil utentes nos serviços de Urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada. O número, disponível no Portal do SNS, representa uma descida de 30% quando se compara com o mesmo período do ano passado, em que a unidade hospitalar registava um acumulado de 124 mil atendimentos.

De acordo com os dados analisados pelo ALMADENSE, o número de pacientes atendidos nos serviços de urgência do hospital que serve os concelhos de Almada e Seixal tem vindo a subir progressivamente desde o mês de Abril, em que a unidade atingiu o mínimo mensal de 6550 atendimentos.

Os números refletem o impacto da pandemia de Covid-19 na afluência ao Serviço de Urgência  e estão em linha com a realidade verificada em outras unidades hospitalares do país, que também registaram uma diminuição nos atendimentos urgentes.

Apesar da quebra na afluência, a Urgência do Hospital Garcia de Orta tem estado sob pressão devido à escassez de recursos humanos e falta de condições de trabalho. A denúncia foi feita no início de Outubro por sindicatos médicos, que alertaram para os riscos de rotura do serviço de Urgência Geral a curto prazo.

 

Centro de testes à Covid-19 em Almada muda de instalações

BannerAzul_300x600

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *