Almada vai ter Unidade Móvel de Saúde a percorrer o concelho

Nova unidade terá especial enfoque na população que habita os territórios de maior vulnerabilidade do concelho de Almada.

 

A Câmara Municipal de Almada (CMA) inaugura esta sexta-feira, dia 2 de outubro, uma Unidade Móvel de Saúde destinada à população em geral, mas que terá “especial enfoque nos grupos vulneráveis que habitam nos territórios de maior vulnerabilidade”, explica a autarquia.

Entre os objetivos da nova unidade está a garantia da “cobertura vacinal da população que eventualmente não se encontre integrada no Serviço Nacional de Saúde (SNS), com especial enfoque na população migrante”, para além de identificação de “situações de risco” ou a promoção de rastreios, nomeadamente do “cancro de pele”, e de “imunidade à Covid-19”.

Intitulada “Dar + Saúde à Saúde”, a unidade é fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Almada, a Direção-Geral de Saúde, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, o Hospital Garcia de Orta e ainda o Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal (ACES).

Enquanto entidade parceira, o ACES ficará responsável por “assegurar a disponibilidade dos profissionais de saúde necessários para implementar o projeto no terreno”, bem como “garantir o material de desgaste necessário às atividades”.

O piloto de motociclismo almadense Miguel Oliveira, será o padrinho desta Unidade Móvel de Saúde.

 

SIM alerta para “sério risco de encerramento” da urgência geral do Garcia de Orta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *