Sexta-feira, Julho 19, 2024
Cidade

Almada: Alunos da Escola Emídio Navarro recolhem donativos para Ucrânia

Iniciativa “Um coração para a Ucrânia”, que pretende angariar medicamentos e alimentos, nasceu dos alunos e dos respetivos encarregados de educação.

 

Uma turma de sétimo ano da Escola Secundária Emídio Navarro, em Almada, está a recolher donativos para auxiliar as vítimas da guerra com a iniciativa “Um coração para a Ucrânia”. Os alunos elaboraram azulejos e copos decorativos — inspirados na cultura ucraniana— que pretendem vender em bancas espalhadas pela escola.

Os produtos inspirados na cultura ucraniana serão trocados por donativos e estão disponíveis para colegas, professores, funcionários, encarregados de educação e quem quiser ajudar a contribuir. Depois de reunidos os mantimentos, serão entregues nos Bombeiros Voluntários de Almada, para serem enviados para a Ucrânia, como vai acontecer esta sexta-feira, dia 3 de junho.

Publicidade
FCT-gif-2

“Foi um convite muito especial, não estava à espera, já recolhi donativos das escolas aqui de Almada, mas esta ideia foi a primeira que me surpreendeu, dou os parabéns” disse ao ALMADENSE João Mimoso, membro da associação de apoio aos refugiados ucranianos em Almada (UAPT), que foi convidado a participar na iniciativa e a estar presente durante a apresentação da mesma, esta segunda-feira, dia 30 de maio, na Escola Emídio Navarro.

A ideia surgiu entre os encarregados de educação, mas a vontade partiu dos alunos. “É muito importante fomentar estas atividades nas camadas jovens, são eles próprios que querem ajudar e fazem como sabem”, contou João Mimoso.

Durante a apresentação do projeto, o professor da turma, José Carlos Vinagre, que esteve a coordenar os esforços dos alunos e da iniciativa sublinhou: “trata-se de uma situação vergonhosa para a humanidade inteira, é um acontecimento histórico que vai marcar a vida de todos nós, o que possamos contribuir assim faremos. Pode parecer pouco, mas é positivo”.

Para que os medicamentos sejam entregues, é necessário que estejam dentro do prazo de validade e dentro das respetivas embalagens. Os tipos de medicamentos aceites são analgésicos, medicamentos cardíacos, medicamentos para as náuseas, sorventes, antidiarreicos e vasodilatadores.

Caso parte dos alimentos doados sejam em pequena quantidade ou não suportem a viagem até à Ucrânia, serão entregues aos refugiados que já se encontram em Portugal, que também necessitam de apoio.

A parceria entre a associação UAPT e a turma de alunos deverá ter continuidade no futuro, com a possibilidade de colaborarem uma vez mais para um jogo de futebol pela caridade durante o mês de junho.

 

Ginastas ucranianas já treinam na Charneca de Caparica

Publicidade
we-find

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *