Abertas candidaturas ao programa de apoio ao comércio e restauração em Almada

Programa destina-se a empresários com contabilidade organizada que tenham apresentado uma quebra de faturação de pelo 25% em 2020.

 

Estão abertas as candidaturas ao programa Dinamizar, lançado pela Câmara Municipal de Almada para apoiar o comércio local e a restauração que viram a sua faturação afetada pelas restrições motivadas pela pandemia de covid-19.

Dotado de um valor global de um milhão de euros a fundo perdido, o programa destina-se às micro, pequenas e médias empresas e empresários em nome individual (ENI) que operam na área da restauração, bebidas e comércio e tenham sede e atividade desenvolvida no concelho de Almada.

“Quer os estabelecimentos de restauração, quer o comércio local desempenham um papel muito significativo no desenvolvimento da economia e emprego no concelho de Almada, sendo por isso fundamental criar condições para apoiar a sua sobrevivência”, sublinha a autarquia em comunicado.

Podem candidatar-se as empresas ou ENI que tenham contabilidade organizada e pode ser acumulado com os apoios previstos pelo Estado. Destina-se a empresários que tenham um volume de negócios até 500 mil euros e tenham apresentado quebras de faturação iguais ou superiores a 25% entre janeiro e dezembro de 2020.

O programa terá a duração de quatro meses (entre março e junho de 2021) ou “até ser esgotada a dotação financeira alocada”, adianta a Câmara Municipal. As candidaturas podem ser feitas através do site Dinamizar, onde poderá encontrar mais informação sobre o regulamento do programa.

 

Há 53 mil utentes sem médico de família em Almada e Seixal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *