Quarta-feira, Junho 12, 2024
CidadeDestaque

10 ideias para desfrutar da semana em Almada

Uma peça de teatro sobre a Palestina, concertos de jazz ou visitas guiadas são algumas das sugestões do ALMADENSE para a semana que se avizinha.

 

Aproveite as noites que vão voltar a aquecer para dar um saltinho ao Teatro Municipal, ver concertos no Festival de Jazz Manouche ou ouvir e declamar poesia na Costa da Caparica. No fim de semana, pegue em toda a família e viva o Festival Sementes e o Dia Internacional dos Museus, fechando a tarde com um pôr do sol especial na Casa da Cerca. Conheça aqui as dez sugestões do ALMADENSE para uma semana em cheio.

 

1. Ouvir e declamar poesia na Costa

Publicidade
education-mrec

Na sexta, 17 de maio, a partir das 19h, vão ecoar nas paredes do Auditório Costa da Caparica as palavras de intervenção e furor de vários poetas: é o Costa Slam Poetry, batalha de poesia falada com o slam master Joaquim Paulo Nogueira, a crítica literária Helena Vasconcelos e os poetas César Pires e Naíde Müller. Para assistir a esta ode à palavra falada, basta entrar no auditório; caso queira declamar a sua poesia, deve inscrever-se através do e-mail geral@gandaia.info.

 

2. Viver ao máximo o Festival Sementes

sementes

Começa já a17 de maio a 29. ª edição do Festival Sementes, que traz a Almada teatro, marionetas, circo, dança, música e oficinas para o público infantil.

Destaque para “Chovem Perguntas”, 63. ª criação do Teatro Extremo que marca a importância de perguntar mesmo quando não há respostas. A peça de Carolina Parreira tem estreia marcada para 18 de maio, no Teatro-Estúdio António Assunção.

A 17 de maio, o Largo Gabriel Pedro acolhe a companhia “Circ Panic”, com o espetáculo de acrobacias “Mira’T”. Já a 19 de maio, há oficina artística com “O Mundo do Espetáculo” no espaço Acome, às 10h30. Ao entrar nesta casa de imaginação e cultura, os participantes vão descobrir histórias, experiências e criatividade.

Também a 19 de maio, às 17h, há teatro italiano no Teatro-Estúdio António Assunção, com as mãos de Jacopo Tealdi a transformarem-se em rostos que contam histórias cómicas e poéticas.

Os bilhetes para o Sementes têm o valor único de 5 euros, com espetáculos gratuitos na rua e no Parque da Paz. Podem ser reservados através do e-mail teaareservas@gmail.com ou do contacto telefónico 212 723 660. Conheça aqui toda a programação.

 

3. Ver uma peça de teatro palestiniana

De 17 a 19 de maio, o Teatro Municipal Joaquim Benite acolhe “Laranjas e Pedras”, um espetáculo idealizado por Mojisola Adebayo para o ASHTAR Theatre de Ramallah.

Esta peça sem palavras conta-nos a história de um homem pobre, do centro da Europa, que se refugia na Palestina e, ao instalar-se numa casa local, acaba por expulsar a sua habitante original. “Procurei criar uma peça na qual o público que vive fora da realidade da Palestina tivesse uma imagem do que é a ocupação”, indica Mojisola Adebayo, como pode ler-se na página da Companhia de Teatro de Almada.

Em cena às 21h de sexta-feira e sábado e às 16h de domingo, “Oranges and Stones” pode ser vista por 13 euros, com descontos para jovens e seniores. Os bilhetes estão disponíveis na bilheteira do TMJB ou online.

 

4. Ir a um festival de jazz com músicos internacionais

aurore-voilque

De 17 a 19 de maio, Almada volta a receber músicos de renome internacional para a terceira edição do Festival de Jazz Manouche, organizado pela associação Alma Danada.

Na sexta-feira, dia 17 de maio, pelas 21h, o palco é de Adrien Marco, guitarrista audodidata de estilo “enérgico, elegante, espontâneo e muito virtuoso”. Pela primeira vez em Almada, Adrien tem um vasto reportório de festivais, desde a Europa aos Estados Unidos.

No sábado, 18 de maio, é a vez dos Aurore Voilqué Trio subirem ao palco acompanhados por Angelo Debarre, às 21h. No último dia do festival, 19 de maio, atuam às 17h os Rouge Manouche, quarteto de gypsy jazz que apresenta um swing enérgico. Para além dos concertos, o salão de festas da Sociedade Filarmónica Incrível Almadense recebe ainda uma oficina de dança a cargo da escola Blues & Swing Lisboa, às 16h.

Os bilhetes para têm o valor de 30 euros (passe geral) ou 15 euros (bilhete diário), e podem ser adquiridos online.

 

5. Ver um musical em família

Ainda a 17 de maio, Matilda Jr. vem ao Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça espalhar os seus poderes mágicos por toda a família. Com produção da Plateias D’Arte, o espetáculo conta a história de uma menina solitária e extraordinária, que usa a imaginação fértil da infância para mudar a sua vida.

Os bilhetes têm o valor de 8 euros, com desconto para sócios e grupos. Podem ser adquiridos na bilheteira do Fórum Romeu Correia ou reservados através do e-mail reservas@plateiasdarte-ac.pt.

 

6. Celebrar o aniversário da biblioteca José Saramago

 

A 18 de maio, das 10h às 18h, celebra-se o 15. º aniversário da biblioteca municipal José Saramago com atividades para toda a família.

Com a presença da BIA (Biblioteca Itinerante de Almada) e mercadinho do livro ao longo de todo o dia, a biblioteca acolhe a oficina “A vida secreta dos livros e o prazer de ilustrar sem tecla Undo”, com Paulo Galindro, às 16h, ou o workshop de tipografia “Vamos imprimir Saramago”, em que os participantes podem criar gravuras alusivas ao escritor José Saramago e à antiga arte da impressão.

Há ainda leituras para os mais novos, às 11h, ou oficina de pintura para famílias, às 10h30; às 18h, cantam-se os parabéns e corta-se o bolo. Conheça aqui o programa completo.

 

7. Passear no Dia Internacional dos Museus

museu-covas

Este ano, Almada volta a associar-se à comemoração do Dia Internacional dos Museus com visitas guiadas, música clássica e teatro infantil.

A 18 de maio, dia da efeméride, o Convento dos Capuchos recebe uma visita guiada às 10h. Às 17h, está marcada uma visita guiada por Almada Velha, que culmina na exposição “Casas, covas e ruas: as raízes medievais de Almada”. O concerto intimista com árias de ópera do período Romântico, no mesmo museu, começa às 18h30.

Para os mais novos, tem lugar no mesmo dia “The train… is gone”, espetáculo sobre contar histórias integrado no Festival Sementes. Através de brincadeiras com fantoches, percussão com colheres e outras habilidades, o psicopalhaço Luis “Loco” Brusca promete entreter crianças e adultos.

Todas as atividades são gratuitas, com inscrição obrigatória através do e-mail museus.comunica@cm-almada.pt. Conheça aqui o programa completo.

 

8. Dançar ao estilo da Broadway na Praça S. João Baptista

No sábado, 18 de maio, a dança da Broadway chega à Praça S. João Baptista em duas sessões para iniciantes. A primeira, às 9h30, é dedicada às crianças, com a aula para adultos a começar às 10h30. Promovida pela companhia de Almada Alpha Teatro, a iniciativa está inscrita no “Almada em Forma”, programa da Câmara Municipal que visa promover a mobilidade ao ar livre. A atividade é gratuita, com inscrição através do e-mail inscricoesalphateatro@gmail.com.

 

9. Aproveitar o pôr do sol na Casa da Cerca

Também a 18 de maio, Dia Internacional do Fascínio das Plantas, a Casa da Cerca prolonga o seu horário até às 20h, para que almadenses (e não só) observem o pôr do sol a partir daquele que é, possivelmente, o lugar mais privilegiado de Almada. No jardim, os visitantes podem ainda apreciar a vasta coleção botânica, com destaque para as plantas que florescem nesta altura do ano.

A visita orientada por Filipa Albino e Sónia Francisco é gratuita, com marcação prévia através do e-mail marcar.cac@cm-almada.pt.

 

10. Ver um filme brasileiro pela diversidade

No dia 21 de maio, terça-feira, vá até ao Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça ver “Paloma”, filme de Marcelo Gomes inserido no Ciclo de Cinema pela Diversidade. “Paloma” conta a história de uma mulher transgénero, mãe dedicada que, no dia do seu casamento, se vê mais uma vez em guerra com uma sociedade rural que ainda recusa a sua identidade. A sessão é gratuita, com reserva de bilhetes através da Bol.

 

17 praias da Costa da Caparica distinguidas com o selo “Qualidade de Ouro” em 2024. Saiba quais

Publicidade
education-mrec

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *