Covid-19. Almada vai ter reforço de equipas no combate à pandemia

Os concelhos de Almada, Seixal, Barreiro, Moita, Setúbal e Vila Franca de Xira vão contar com equipas multidisciplinares de combate ampliadas.

 

Almada será um dos concelhos da região de Lisboa e Vale do Tejo a contar com vigilância reforçada no âmbito do combate à Covid-19. De acordo com notícia avançada pelo jornal Público, a ampliação de equipas estende-se ainda aos concelhos do Seixal, Barreiro, Moita, Setúbal e Vila Franca de Xira.

“São concelhos com alta densidade e com níveis socio-económicos instáveis, o que por si faz com que o risco esteja aumentado”, indicou Rui Portugal, responsável pelo Gabinete de Intervenção para a Supressão da Covid-19 em Lisboa e Vale do Tejo, ao mesmo jornal.

De resto, a região de Lisboa continua a concentrar a atenção das autoridades de saúde, uma vez que acumula também a maior parte dos novos casos de infeção. Dos 325 novos casos de Covid-19 registados esta sexta-feira, 204 são da Grande Lisboa. Quanto ao concelho de Almada, regista até ao momento um total de 869 casos.

A notícia do reforço de equipas surge um dia depois da reunião do Conselho de Ministros ter prolongado o estado de contingência da Área Metropolitana de Lisboa (AML) até dia 31 de agosto. A partir de agora, os horários dos estabelecimentos comerciais que, na sua maioria, tinham que encerrar às 20h, vão passar a ser definidos pelas autarquias, mediante a autorização das autoridades locais de saúde e segurança. Em Almada, a Câmara Municipal ainda não se pronunciou face à possibilidade de alteração dos horários de abertura e fecho dos estabelecimentos do concelho.

Durante a crise pandémica, a autarquia disponibilizou um mapa digital onde podem ser consultados os horário e localização dos negócios dos estalebelecimentos comerciais do concelho.

 

Almada: USF do Pragal volta à atividade habitual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *