Garcia de Orta abre nova enfermaria covid com 33 camas

Unidade hospitalar tem atualmente um total de 215 camas ocupadas por doentes infetados com coronavírus, 19 dos quais em cuidados intensivos.

 

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, iniciou hoje o reforço da sua capacidade de internamento com a abertura, esta terça-feira, 26 de janeiro, de uma nova enfermaria para tratar doentes covid com capacidade para 33 camas.

De acordo com a unidade hospitalar, os primeiros dez doentes já se encontram na nova unidade modular. “O processo de abertura de novas camas vai ser faseado e prosseguir até perfazer a totalidade de camas da nova enfermaria”, explica o hospital em comunicado.

Para além da abertura da nova enfermaria destinada a doentes covid, o HGO continua a trabalhar para, no final do mês de janeiro, poder expandir a Área Dedicada ao Atendimento de Doentes Respiratórios (ADR) do Serviço de Urgência Geral e aumentar a lotação de cuidados intensivos.

A unidade tenta, desta forma, continuar a dar resposta ao grande aumento das solicitações, tendo atingido esta terça-feira um novo máximo no número de doentes internados com covid-19.

Neste momento, a unidade conta com um total de “215 doentes positivos por infeção por SARS-COV-2, dos quais 188 estão internados em enfermaria, 19 doentes em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e oito doentes internados em Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD)”.

A forte pressão continua a levar o Garcia de Orta à necessidade de transferir doentes, mediante disponibilidade de vagas em outras unidades de saúde. Esta segunda-feira foram transferidos mais seis doentes covid para outros hospitais.

O Hospital de Almada admite ainda uma “sobrelotação do Serviço de Urgência Geral, na vertente da área respiratória”. Em face da elevada procura de doentes covid, foram convertidas “mais camas no serviço de Medicina” e foram afetas “mais camas à lotação covid numa ala do serviço de Pediatria”, informa a unidade.

 

Área dedicada à covid-19 muda-se do Laranjeiro para a Trafaria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *