Novo Museu da Água de Almada nasce no Pragal

Musealização do reservatório de água situado no Pragal, próximo do Santuário do Cristo Rei, irá contar com um investimento de 200 mil euros.

 

O Museu da Água de Almada deverá estar pronto para receber visitantes no próximo Verão, revelou ao ALMADENSE Miguel Salvado, vereador administrador executivo dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Almada. “Vamos lançar nas próximas semanas o concurso para a empreitada de criação do Museu da Água”, anunciou o responsável, adiantando que os “trabalhos de musealização” deverão arrancar “entre Maio ou Junho”, de forma a que o projeto possa “estar pronto durante o Verão”.

O projeto conta com um orçamento de 200 mil euros, numa iniciativa que teve o contributo de alunos da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa. Para além de exposições sobre a história dos SMAS, o museu terá espaço para exposições temporárias relacionadas com a temática da água.

Com uma zona museológica tradicional e outra digital, a estrutura terá ainda um auditório multiusos e um pólo “dedicado a educação ambiental”, que pretende manter uma ligação às escolas. “Queremos ter uma zona que a comunidade educativa e associativa possa utilizar”, destacou Miguel Salvado.

Localizado no edifício do depósito de água do Pragal, junto ao Cristo Rei, o projeto tem ainda como objetivo “dinamizar aquela zona, que é uma zona de excelência”, frisou o responsável, destacando a proximidade do futuro Museu da Água ao monumento mais visitado do concelho de Almada.

 

Almada Atlético Clube: novo complexo desportivo terá investimento de 8 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *