TST reduz oferta a partir de segunda-feira

Operadora suspende 30 carreiras a partir da próxima semana. Redução da oferta deve-se à suspensão das atividades letivas decretada pelo Governo português.

 

A Transportes Sul do Tejo (TST) vai passar a praticar horários de inverno não escolares a partir da próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro. O anúncio foi feito pela transportadora e decorre da decisão do Governo de encerramento das escolas.

Desta forma, a empresa que assegura o serviço público rodoviário na península de Setúbal vai deixar de realizar 30 carreiras escolares. Trata-se das carreiras 143, 174, 175, 179 e 180, 208, 210, 219, 234, 247, 257 e 259, 313, 336, 404, 419, 441, 444, 446, 447, 448, 451, 455, 680, 708, 710, 711,713, 747 e 766.

A redução da oferta estende-se ao transporte rodoviário de toda a Área Metropolitana de Lisboa (AML), estando também as operadoras Carris, Scotturb, Vimeca ou Barraqueiro Mafrense a fazer ajustes na operação.

De acordo com a AML, o encerramento de todos os estabelecimentos escolares “implica a natural tomada de medidas de ajuste relativamente aos serviços de transporte público prestados” na região, que serão de caráter provisório e ajustadas à procura e “às necessidades de segurança, atendendo à presente conjuntura” pandémica, informou a entidade em comunicado.

Ainda assim, a oferta de transportes será ajustada à que corresponde ao período não escolar, “de acordo com a realidade específica de cada carreira”.

 

Notícia atualizada dia 23 de janeiro às 9h40.

 

Reclamações sobre a TST aumentaram 67%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *