Trabalhadores da TST voltam à greve no dia 9 de Junho

Reivindicações saláriais levam os trabalhadores da TST a avançar com novas paralisações. 

 

Os trabalhadores da Transportes Sul do Tejo (TST) marcaram uma paralisação de 24 horas para o próximo dia 9 de Junho. Em causa estão os aumentos salariais há muito reivindicados pelos motoristas da empresa, disse ao ALMADENSE João Saúde, da Fectrans – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações.

No dia de greve os trabalhadores irão reunir-se em plenário nas instalações da empresa, no Laranjeiro, durante o qual irão decidir se a paralisação de estende também ao dia 11 de Junho.

 

“Vem aí um vendaval reivindicativo”, avisou João Saúde, adiantando que no final de Junho poderá haver uma nova paralisação de 48 horas, caso a TST não responda às exigências salariais dos trabalhadores.

“Apresentámos à empresa uma proposta de atualização salarial para os 750 euros”, explicou dirigente sindical, recordando que a remurenação dos motoristas da TST é a “mais baixa” de toda a Área Metropolitana de Lisboa, encontrando-se muito perto do salário mínimo nacional.

De resto, as reivindicações salariais dos trabalhadores arrastam-se desde 2019, tendo ficado pendentes devido à pandemia de covid-19.

Entretanto, também o novo concurso rodoviário tem motivado preocupação junto dos trabalhadores, que receiam que a diminuição da área geográfica abrangida pela TST coloque em risco a sua situação laboral. Recorde-se que a TST vai concentrar a sua atividade nos concelhos de Almada, Seixal e Sesimbra, uma vez que não concorreu a Setúbal.

 

Almada vai ter 34 novas linhas de transporte público rodoviário

One thought on “Trabalhadores da TST voltam à greve no dia 9 de Junho

  • Maio 30, 2021 at 1:25 pm
    Permalink

    O nosso azar (utentes) é não termos concorrência na margem sul. A TST desaparecia do mapa.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *