Greve na Transtejo deixa margem sul sem ligações a Lisboa durante todo o fim de semana

Greve na Transtejo vai deixar utentes sem qualquer ligação fluvial entre Lisboa e Cacilhas, Montijo, Seixal e Trafaria.

 

Os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa iniciam este sábado, dia 11 de junho, uma greve que irá deixar os utentes sem qualquer ligação fluvial entre Lisboa e Cacilhas, Montijo, Seixal ou Trafaria durante todo o fim de semana. Entre sábado e domingo, apenas as ligações da capital ao Barreiro estarão a funcionar.

“Sábado e domingo, por motivo de realização de greve, convocada por organizações sindicais representativas dos trabalhadores da Transtejo, não é possível garantir o serviço regular de transporte fluvial”, informou a Transtejo no seu site oficial.

De acordo com os sindicatos, na base da paralisação está a valorização salarial e a contratação de funcionários.

“A Soflusa precisa de 13 maquinistas para completar as 34 tripulações que tem, porque só tem 11 maquinistas neste momento”, explicou Carlos Costa, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores Fluviais, à agência Lusa. O responsável adiantou ainda que, desde fevereiro e até agora, os constrangimentos por falta de trabalhadores já levaram “à supressão de 900 carreiras, numa média de 20 por dia”.

 

Carris Metropolitana: Almadenses descontentes com o fim das carreiras para o Areeiro

Apoie-almadense

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.