Segunda-feira, Maio 20, 2024
CulturaDestaque

Evento assinala os 50 Anos da “Trova do Vento que Passa” na Charneca de Caparica

Conferência está incluída na celebração dos 50 anos da Revolução dos Cravos na Charneca de Caparica e Sobreda.

 

No próximo dia 15 de maio, às 18h, o Auditório António Rodrigues Anastácio, no edifício-sede da Junta de Freguesia de Charneca de Caparica e Sobreda, será palco de uma conferência especial em comemoração aos 50 anos da “Trova do Vento que Passa”, de autoria de Manuel Alegre.

Sob o tema “Nos 50 anos da Trova – Hino de Resistência Ontem e Hoje”, o evento promete uma abordagem histórica e análise ao livro “Memórias Minhas” de Manuel Alegre, que participa no evento com uma mensagem de voz.

Figura emblemática do Partido Socialista e reconhecido escritor e poeta, Manuel Alegre foi laureado com numerosos galardões como o Prémio Camões (2017) ou o Prémio Pessoa (1999). É o autor dos conhecidos versos “há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não”, um verdadeiro hino à resistência.

A conferência será conduzida por Eduardo M. Barroso, presidente do Centro de Estudos Documentais do Alentejo – Memória Coletiva e Cidadania (CEDA), entidade organizadora do evento em colaboração com a Junta de Freguesia de Charneca de Caparica e Sobreda. A moderação ficará a cargo de Adelaide Silva, presidente da Associação Almada Mundo.

Além da palestra, o evento vai contar também com um momento musical proporcionado por Vítor Paulo.

Inserido nas celebrações dos 50 anos da Revolução dos Cravos, este evento será um marco no Auditório António Rodrigues Anastácio, situado no edifício-sede da Junta de Freguesia de Charneca de Caparica e Sobreda, localizado na Rua Marco Cabaço, em Almada.

 

Foto: Partido Socialista

 

trova-charneca

Publicidade
FCT-gif-2

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *