Quinta vaga. Incidência de covid-19 em Almada duplicou na última semana

Concelho de Almada apresenta um total de 225 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, número que praticamente duplica o verificado na semana anterior.

 

A incidência de infeção por covid-19 no concelho de Almada praticamente duplicou na última semana, tendo subido de 126 para 225 casos por cada 100 mil habitantes. Os números constam do boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Ainda assim, apesar da subida no número de contágios verificada na última semana, a incidência de covid-19 em Almada encontra-se atualmente longe do pico de mais de 2000 casos por cada 100 mil habitantes ocorrido em fevereiro deste ano.

O conjunto do país registou esta sexta-feira 2371 novos contágios de SARS-CoV-2 e cinco óbitos associados à covid-19. Trata-se do terceiro dia consecutivo em que o país conta com mais de 2300 novas infeções, depois de, na quarta-feira, terem sido registadas 2527 e ontem 2398.

 

Natal pode trazer “duplicação ou triplicação” de casos

Numa altura em que o país atravessa a quinta vaga da pandemia, a aproximação da época natalícia tem levado os especialistas a alertar para a possibilidade de aumento de casos. De acordo com a pneumologista Raquel Duarte, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, o Natal poderá originar uma “duplicação ou triplicação” dos casos associados à pandemia, afirmou durante a reunião do Infarmed realizada esta sexta-feira.

Para combater o agravamento da pandemia, os peritos recomendaram o regresso do teletrabalho sempre que possível, o desfasamento de horários nas escolas e o regresso da máscara obrigatória em determinados espaços.

A promoção dos testes e o reforço do processo de vacinação foram outras das recomendações feitas pelos especialistas. Recordamos que o concelho de Almada tem atualmente dois centros de vacinação em funcionamento: um instalado no Mercado das Torcatas e outro no antigo Centro de Saúde da Trafaria.

 

Ventilador “pescado” já chegou ao Hospital Garcia de Orta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *