Primeiros onze refugiados ucranianos acolhidos no Caparica Sun Center

Centro de acolhimento temporário criado pelo município de Almada conta com um total de 81 camas para refugiados.

 

A Câmara Municipal de Almada (CMA) acolheu esta semana os primeiros onze refugiados ucranianos no Caparica Sun Center, um hostel detido pela autarquia na Costa da Caparica, avançou ao ALMADENSE Maria Teodolinda Silveira, vereadora com o pelouro da Ação e Intervenção Social. No total, o espaço conta com 81 camas disponibilizadas para o acolhimento temporário de emergência de cidadãos ucranianos que fogem da guerra.

Gerido pela agência de desenvolvimento local Arribatejo, o Sun Center irá assegurar também as refeições aos refugiados, naquele que é um investimento municipal de 195 mil euros. De relembrar que no passado, o Sun Center já foi disponibilizado como alojamento para os profissionais de saúde durante a pandemia covid-19.

Além destes onze ucranicanos, chegaram no últimos mês ao concelho de Almada cerca de 200 refugiados, que foram entretanto acolhidos por familiares e amigos.

Ainda em termos de integração dos recém-chegados, Teodolinda Silveira adiantou que “estão já integradas cerca de 30 crianças e jovens nas escolas do concelho vindos da Ucrânia”. No seu conjunto, as escolas portuguesas já receberam 1.860 alunos ucranianos, informou por sua vez o novo ministro da Educação, João Costa.

Para obter esclarecimentos, sinalizar situações ou disponibilizar apoios, os munícipes podem entrar em contacto com a linha criada pelo município de Almada (sosucrania@cma.m-almada.pt), que irá encaminhar a informação para as diversas entidades locais.

 

Da Ucrânia para Almada. Chegaram mais de 200 refugiados no último mês

Apoie-almadense

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.