Quinta-feira, Julho 18, 2024
CidadeDestaque

Novo estacionamento do Parque da Paz será gerido pela WeMob

Utentes do novo estacionamento do Parque da Paz terão isenção de pagamento durante as três primeiras horas.

O novo parque de estacionamento do Parque da Paz, junto ao Centro Sul, em Almada, será gerido pela WeMob, estando os veículos isentos de pagamento durante as três primeiras horas. A partir daí, o novo parque —que possui espaço para 200 lugares de automóveis— terá um tarifário de 50 cêntimos por hora, semelhante ao que é praticado nos parques nos parques urbanos descobertos, nomeadamente na Costa da Caparica.

O objetivo é “promover o usufruto do Parque da Paz” e, ao mesmo tempo, garantir que não existe uma ”excessiva permanência de veículos no local”, de forma a que “o parque possa ser usufruído pelo maior número de almadenses ou visitantes’’, sublinhou a presidente da Câmara, Inês de Medeiros, durante a reunião camarária que aprovou a proposta, esta segunda-feira, dia 4 de abril.

Publicidade
FCT-gif-2

Já o vereador com o pelouro dos espaços verdes, Nuno Matias, reforçou a ideia, afirmando que “se não houvesse este ordenamento, corríamos o risco de alguma utilização menos correta e menos positiva’’.

Com um investimento municipal superior a 750 mil euros, o novo parque prevê também o estacionamento para motociclos e bicicletas, bem como a criação de parque para canídeos com 5000 metros quadrados.

Da Ucrânia para Almada. Chegaram mais de 200 refugiados no último mês

Publicidade
we-find-2

3 Comentários

  • Péssima notícia. Já não basta a má gestão nos outros estacionamentos, agora vão “tirar a paz” do parque da Paz. Podem já pensar numa forma de rebatizá-lo, com a WeMob lá, já não se pode dizer mais que seja o Parque da Paz. Infelizmente.

    Responder
  • Filipe Amaral

    Podiam ter pensado na isenção para veículos elétricos bem como a colocação de postos de carregamento rápido.

    Responder
  • Cambada de xulos só tenho a dizer é assim que querem promover os espaços públicos enfim uma roubalheira se é que me faço entender os terrenos são de quem? Foram comprados? Votem neles e andem com eles numa bandeja qualquer dia é parquímetro em todo o lado.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *