Hospital Garcia de Orta vai ter mais 30 camas para doentes Covid-19

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai alargar o número de camas alocadas a doentes Covid, revelou a administração da unidade.

 

“Está prevista a expansão da capacidade de internamento de doentes com patologia covid através de uma nova estrutura modular para tratamento de doenças infeciosas/covid, superior a 30 camas”, revelou a administração do Hospital Garcia de Orta (HGO), no concelho de Almada, à agência Lusa.

Neste momento, a unidade hospitalar conta com 60 camas alocadas a doentes covid, incluindo oito camas em cuidados intensivos polivalentes. Desta forma, a capacidade de internamento para tratamento de pacientes com Covid-19 aumenta em 50% até ao final do ano.

O anúncio do HGO surge depois de profissionais de saúde terem indicado à agência Lusa que a capacidade instalada para tratamento de doentes covid-19 “está esgotada”, garantindo que há vários serviços a funcionar com um quadro de pessoal reduzido devido à pandemia. Os mesmos profissionais denunciam que haveria doentes infetados em enfermarias não covid e relataram dificuldades na resposta aos problemas provocados pela pandemia.

Em reação, a administração do hospital Orta assegurou que realiza “testes a todos os doentes aquando do seu internamento e de forma sistemática, promovendo ainda rastreios aos seus profissionais de saúde nos diferentes serviços clínicos”, destacando que tem atualmente três enfermarias dedicadas a covid-19 e vai abrir uma quarta.

 

Covid-19. Almada entre os concelhos com nível muito elevado de contágio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *