Hospital Garcia de Orta reabre atendimento noturno da urgência pediátrica

Serviço de atendimento noturno pediátrico de crianças e jovens até aos 18 anos estava encerrado desde novembro de 2019.

 

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, reabre a partir de hoje, 13 de setembro, o atendimento da urgência pediátrica durante o período da noite, informou a unidade hospitalar em comunicado.

Desde 18 de novembro de 2019 que o serviço noturno da urgência dirigida a crianças e jovens até 18 anos estava encerrado devido a falta de pessoal médico. Quase dois anos depois, a urgência voltará a funcionar forma ininterrupta a partir das 20h, depois do HGO ter “apostado no reforço das suas equipas de profissionais”, assegura a unidade.

 

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta organizou-se de modo “a reter e captar maior número de profissionais”. Atualmente, a estrutura conta com oito médicos pediatras, que passam a assumir as funções de chefe de equipa de urgência, “o dobro do existente em 2019”, lê-se no comunicado enviado às redações.

Admitindo o “período difícil na história do serviço e dos quase 30 anos do Hospital Garcia de Orta”, o presidente do Conselho de Administração do HGO, Luís Amaro, destaca a entrega e a flexibilidade demonstrada por “médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, assistentes técnicos, entre outros profissionais do serviço de pediatria”, que contribuíram para ultrapassar a situação, que motivou numerosos protestos por parte da população afetada.

Por sua vez, o diretor do serviço de pediatria do HGO, João Franco, sublinha “o empenho de todos os profissionais de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde de Almada e Seixal, que trabalham diariamente de forma integrada com o Hospital Garcia de Orta EPE, inclusive na Urgência Pediátrica e no atendimento da doença aguda em idade pediátrica, nos cuidados de saúde primários”.

No momento de reabertura, o profissional deixa ainda o alerta à população: “é importante sensibilizar para o acesso apropriado à urgência pediátrica, reservando-o para situações de verdadeira urgência. Perto de 70% das admissões diárias correspondem a situações que podem ser observadas durante o dia, em consulta com o médico assistente ou nas diversas modalidades de atendimento para doença aguda, no ACES Almada Seixal”, afirma João Franco.

 

Comissão de Utentes congratula-se com reabertura

As Comissões de Utentes da saúde dos concelhos de Almada e Seixal congratularam-se esta segunda-feira com a notícia da reabertura em pleno da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta. Em comunicado, indicam que se trata do “culminar de um processo em que as Comissões de Utentes estiveram permanentemente envolvidas com a tutela e a Administração do Hospital”.

“A falta de recursos humanos na saúde é um problema crónico, que só será resolvido quando o Estado decidir rever o sistema remuneratório e as carreiras dos profissionais, que tem sido o principal travão ao recrutamento para o SNS, empurrando os profissionais para os privados”, argumentam.

 

Centros de saúde de Almada e Seixal não têm circuitos para utentes suspeitos de covid-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *