Dez profissionais do Garcia de Orta infetados com Covid-19

Oito enfermeiros e dois assistentes operacionais do hospital que serve os concelhos de Almada e Seixal estão infetados com o novo coronavírus.

 

Dez profissionais de saúde do Hospital Garcia de Orta, em Almada, testaram positivo para o novo coronavírus. A informação foi veiculada pela administração hospitalar, que assegura ter ativado todos os procedimentos para a contenção do foco.

“Hoje, 16 de outubro, foram detetados casos positivos para SARS-CoV-2 em dez profissionais de saúde (oito enfermeiros e dois assistentes operacionais), do internamento do Serviço de Medicina I”, referiu o hospital, num comunicado citado pela agência Lusa.

De acordo com a mesma fonte, os casos foram detetados “na sequência da realização de despistes” que se seguiram ao diagnóstico num doente que, “por razões terapêuticas, se tinha deslocado ao exterior da unidade hospitalar e testou positivo” em novo teste à Covid-19.

O hospital garante que “foi prontamente assegurado” o rastreio de todos os contactos com o caso original, indicando ainda que “não há, até ao momento, evidência de doentes infetados” no Serviço de Medicina I.

“No âmbito do controlo à infeção por SARS-CoV-2, o Hospital Garcia de Orta realiza testes a todos os doentes aquando do seu internamento e realização de exames clínicos e, de forma sistemática, promove regularmente rastreios aos seus profissionais de saúde”, informou a mesma fonte hospitalar.

O Garcia de Orta é um dos hospitais da Grande Lisboa a acusar a pressão derivada do aumento dos casos de Covid-19 verificado nas últimas semanas. Esta sexta-feira, o Hospital que serve os concelhos de Almada e Seixal contava com 39 doentes internados em enfermaria e oito nos cuidados intensivos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *