Desemprego em Almada subiu 28% no último ano

Total de desempregados inscritos em Almada em Fevereiro foi de 6562, o que representa um aumento de 28% em relação ao mesmo mês de 2020.

 

O novo confinamento motivado pela pandemia de covid-19 teve um impacto significativo no mercado de trabalho em Almada, quebrando a tendência de recuperação que se verificava no final do ano passado. Assim, no mês de Fevereiro, houve registo de 6562 inscritos nos centros de emprego do concelho, ou seja, um aumento de 28% quando se compara com Fevereiro do ano passado, em que havia 4721 incritos.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), só no último mês registaram-se de mais 554 pessoas em situação de desemprego em Almada do que em janeiro, quando os números totalizavam 6008.

Apesar da subida, o número de pessoas sem emprego está ainda abaixo do máximo verificado no final do passado mês de Agosto, em que havia registo de 7385 desempregados no concelho de Almada.

Os dados divulgados mostram ainda que o desemprego aumentou em todos os segmentos, sendo que as mulheres continuam a ser mais atingidas pela situação (3663), do que os homens (2899).

Ensino à distância: ainda há alunos em Almada sem computador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *