Desemprego desce em Almada, mas continua 50% acima do que era antes da pandemia

Apesar da descida, o número de desempregados no concelho de Almada é 50% superior ao que se verificava antes da pandemia de Covid-19.

 

O número de pessoas em situação de desemprego no concelho de Almada registou em Setembro uma descida pela primeira vez desde o mês de Março, em que foi decretado o Estado de Emergência devido à pandemia de Covid-19.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), há menos 276 desempregados face ao mês de Agosto, o que fixa o total de pessoas sem trabalho no concelho em 7109.

Apesar da ligeira descida, o número de desempregados em Almada continua muito superior ao que se verificava em Fevereiro, quando havia registo de 4721 pessoas em situação de desemprego em Almada. Desta forma, o total de pessoas sem trabalho é ainda 50% superior ao que se verificava antes da pandemia.

Ainda assim, os dados confirmam a tendência de desaceleração, uma vez que o maior agravamento se verificou entre os meses de Março e Junho, período em que o concelho registou mais 2026 desempregados.

No que diz respeito aos géneros, as mulheres mulheres continuam a ser mais atingidas pela situação de desemprego (4037), do que os homens (3072).

 

Refood Almada apoia cada vez mais famílias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *