Câmara de Almada mantém taxa de IMI em 2022

Município decidiu manter inalterada a taxa de IMI paga pelos proprietários em Almada.

 

A Câmara Municipal de Almada vai manter em 2022 a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) nos 0,36%. A medida foi aprovada na reunião camarária realizada esta quarta-feira, dia 22 de dezembro, (em que também foi discutudo o orçamento do município para o próximo ano) com os votos favorávais da maioria PS/PSD e com os votos contra da CDU e do Bloco de Esquerda.

Quanto à derrama paga pelas empresas instaladas no concelho, vai manter-se nos 1,2% sobre o lucro tributável, o que representa a taxa “mais baixa da Área Metropolitana de Lisboa”.

Ao mesmo tempo, os residentes fiscais em Almada que pagam IRS vão no próximo ano continuar a beneficiar da alteração fiscal aprovada no ano passado, que reduziu de 5% para 3,5% a participação municipal no imposto.

 

Oposição propõe descida do IMI

Tanto a CDU como o Bloco de Esquerda manifestaram divergências em relação à política fiscal adotada em Almada, tendo defendido a redução da taxa de IMI em um ponto percentual, dos atuais 0,36% para os 0,35%. Nesta matéria, a vereadora bloquista, Joana Mortágua, criticou o Executivo almadense por “preferir diminuir a derrama” aplicada às empresas, em vez de reduzir o IMI cobrado às famílias, argumentando que “não se entende que Almada tenha a derrama mais baixa da Área Metropolitana de Lisboa e depois se recuse baixar o IMI”.

 

Município de Almada aprova orçamento de 142 milhões de euros para 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *