Sexta-feira, Julho 19, 2024
CidadeDestaqueOutros Destaques

Almada reabre museu “Covas de Pão”, onde se revisita o tempo medieval da cidade

Após dois anos encerrado, núcleo museológico reabre as portas com uma nova exposição.

 

O Museu de Almada – Covas de Pão vai reabrir ao público no próximo domingo, dia 18, às 16h30, com a nova exposição “Casas, covas e ruas: as raízes medievais de Almada”, que propõe uma viagem pela história da cidade. A inauguração decorre após a requalificação do edifício, que levou ao seu encerramento em 2020.

A exposição apresenta peças que foram encontradas nas escavações realizadas em 2015 no concelho e é composta por três núcleos: “Entre o Al-Andalus e o Reino Cristão”, “A Vila em Expansão” e “A Vila Consolidada”, que retratam a evolução da vila de Almada entre os séculos XII e XVIII.

Publicidade
FCT-gif-2

 

Localizado no centro histórico da cidade este núcleo museológico dá a conhecer o desenvolvimento da vila de Almada e o dia-a-dia das comunidades que a habitaram ao longo dos séculos desde o tempo medieval. Com a requalificação do edifício, o espaço museológico está mais interativo e é possível caminhar num passadiço sobre as ruínas das covas de pão.

As covas de pão “existiam por toda a vila medieval garantindo a subsistência da população, tendo sido transformadas em lixeiras após o seu abandono, o que permitiu a recuperação de um importante conjunto de artefactos durante as escavações arqueológicas”, como explica o comunicado da Câmara Municipal de Almada.

A inauguração do espaço decorre no mesmo dia em que a zona histórica de Almada Velha vai estar encerrada ao trânsito com o objetivo de devolver aos almadenses ruas mais espaçosas animadas com várias atividades. A iniciativa “Almada Velha, Bairro Vivo” decorre no domingo, dia 18, e está inserida na Semana Europeia da Mobilidade. Pode ler mais pormenores sobre os diversos eventos aqui.

 

Semana da Mobilidade fecha o trânsito em Almada Velha por um dia

Publicidade
we-find

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *