Sexta-feira, Julho 19, 2024
CidadeMobilidadeOutros Destaques

Almada investe 3,5 milhões nos acessos viários às praias da Costa da Caparica

Projeto prevê a execução de três troços de acesso às praias da Costa, numa extensão total de 1.206 metros.

 

A Câmara Municipal de Almada aprovou esta segunda-feira, dia 20 de março, o lançamento da empreitada de requalificação dos acessos às praias da Costa da Caparica, num investimento que ascende a 3,5 milhões de euros.

“Esta empreitada tem por objeto a requalificação urbana e paisagística dos acessos viários e pedonais e o acesso terminal de autocarros na Costa da Caparica, de forma a melhorar o acesso alternativo às praias”, indicou José Pedro Ribeiro, vereador com o pelouro das obras públicas.

Publicidade
FCT-gif-2

Trata-se do lançamento da fase 2 da obra de construção dos acessos alternativos às praias, que corresponde à execução de três troços viários, com uma extensão total de 1.206 metros. O projeto tem um prazo de execução de 360 dias, com interrupção dos trabalhos no período compreendido entre os dias 1 de julho e 31 de agosto de 2025, de forma a evitar constrangimentos na circulação durante o período de maior afluxo às praias.

A proposta contou com os votos favoráveis de todas as forças políticas representadas: PS, PSD, CDU e Bloco de Esquerda.

 

Almada aprova requalificação dos acessos entre as praias do Rei e Bela Vista

Publicidade
we-find-2

13 Comentários

  • Antonio Pess

    Já fiz várias reclamações para a Câmara Municipal de Almada e o problema continua por resolver. Falo do trabalho feito na Avenida que passa na estação do Pragal, em frente às paragens da Carrismetropolitano. Tiram as condutas das águas pluviais, e taparam com uma espécie de alcatrão. O material abateu, dando lugar a buracos. Acontece que que como não há escoamento as águas acumulam se, dando origem a lagos.
    Os carros que passam atiram a água para cima dos passeios.
    Pergunto, se por acaso acontecer estragar o calçado ou até a roupa dos utente que esperam pelos transportes, a quem se pede responsabilidades?

    Responder
  • Ieda Pereira

    Bom dia. Costa da Caparica está precisando de uma boa revitalização: as madeiras dos decks, principalmente a da entrada pricipal da praia, revitalizacao da casa de turismo, e da manutenção da limpeza em toda a área . E um pouco mais de flores. E um local tão lindo merece

    Responder
    • Ana Paula Horta

      Tem razão. A falta de asseio é degradante. Além de outras necessidades.

      Responder
  • Bom dia.
    Estou bastante revoltado com o nosso artista (Pampa) e aquele que não tem nada para fazer. Tem escrever em todas as paredes. Ninguém faz nada ?

    Responder
  • César Gomes

    Há vários anos a Câmara Municipal de Almada iniciou um melhor acesso às praias do Rei e outras. Porém, parece que o trabalho não foi concluído. O pavimento está em “makedame” e a poeira levantada pelo automóveis é tanta que as acácias ficam completamente cobertas de pó e qualquer pessoa que vá a pé para a praia fica toda suja.
    Os lugares para estacionamento também ficou por concluir
    Pergunto?
    A obra fica assim?

    Responder
    • Helder Silva

      o projeto foi embargado, mais uma vez pelos verdes, por causa da pavimentação que estaria projetada, a obra ficou naquele lindo estado, é como tudo fica na margem sul, ao abandono!!!

      Responder
  • Alexandre Silva

    Será que é desta que vão fazer um passeio entre os bombeiros e a praia?

    Uma VERGONHA uma jóia como a Costa da Caparica estar votada ao abandono há décadas. Houve o Pólis é certo, mas depois como não houve manutenção das estruturas, todo o investimento foi em vão.

    A notícia não diz o que efectivamente vai ser feito…

    Responder
  • Eu não sei porque a câmara de Almada nunca se preocupou com a Costa da Caparica. É uma vergonha a quantidade de lixo na vila toda, espaços públicos cheios de arbustos e mais lixo. Os passeios de “madeira” junto à praia estão todos quebrados, sendo um perigo para as pessoas. Temos muitos estrangeiros a passar o verão cá, mas sinto vergonha alheia das condições que são oferecidas. Alguém tem que fazer alguma coisa!

    Responder
    • Agostinho Miguel

      A Costa da Caparica é Cidade e não vila…

      Responder
  • Carla Machado

    Os acessos pedonais às praias têm a madeira toda degradada e partida. Para quem tem mobilidade reduzida ou deficiência é um perigo. Até para quem não tem, a qualquer momento podemos colocar um pé e partir uma madeira e ter um acidente. É de patinar a forma como são empregues os dinheiros das verbas e depois não há cuidados de manutenção.

    Responder
    • Provavelmente sim, é mais importante dar prioridade às ciclovias.
      De reparar que os concessionários das praias servidas por esse acesso não reclamam, não dizem nada. É simplesmente degradante, uma zona de praias que tem um movimento enorme e nada se faz, até o acesso aos bombeiros é dificultado, uma vez que se deixam os carros estacionados lateralmente chegando a ser impossível sair. Se um destes dias houver um incêndio na mata, quero ver como lá chegam, e pior como se de lá sai. Mas, como dizia a anterior presidente da CMA, “a Costa só lhe dava chatices”, esquecem-se dos impostos que cobram a quem optou por lá morar.
      A Costa, nomeadamente a partir do acesso à Praia do Rei até à Bela Vista, é terra de ninguém. Não há fiscalização, vigilância, patrulhamento,etc. É um salve-se quem puder, mas é pena porque é a melhor parte da praia .

      Responder
  • José Oliveira

    Para quando a requalificação na zona da de Marco Cabaço, na área junta de freguesia?
    Pagamos as infraestruturas há 30 anos e nada feito.

    Responder
  • Jose Vieira

    Na praia da saúde, no bar junto ao antigo terminal do comboio (fonte da Telha) agora há discoteca ao vivo com alto som até de madrugada, não permitindo que as pessoas descansem durante a noite, o estacionamento é caótico, simplesmente uma vergonha.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *