Almada avança com requalificação total da Avenida do Cristo Rei

Empreitada pretende renovar todo o subsolo da avenida e também avançar com a reabilitação da superfície.

 

A Câmara Municipal de Almada aprovou esta segunda-feira o lançamento do concurso público com vista à reabilitação de toda a Avenida do Cristo Rei. A empreitada é da responsabilidade dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Almada e conta com um preço base de 1,3 milhões de euros, num prazo de execução de 180 dias.

Trata-se de uma “obra, complexa, de grande envergadura”, adiantou Miguel Salvado, vereador administrador executivo dos SMAS durante a reunião camarária. “O que se pretende é fazer uma reformulação total do subsolo da avenida”, uma vez que “recorrentemente os serviços têm que ir ao local fazer reparações”.

 

Ao mesmo tempo, o objetivo é “aproveitar o facto de se estar a renovar toda a infra-estrutura de subsolo para fazer também uma reabilitação de toda a superfície”, procedendo à renovação dos passeios, do pavimento e à reorganização do estacionamento.

“O que se pretende é ter toda a avenida reabilitada até à entrada do Cristo Rei, dando outra dignidade àquela avenida”, sublinhou o responsável, frisando que o Santuário é “um dos locais mais visitados do concelho de Almada”. Pretende-se, por isso, “contribuir para dinamizar a zona, fazendo também a ligação com o Museu da Água”, que está projetado para o Pragal.

Uma vez que se trata de uma obra de relevo, o Executivo pretende “promover uma sessão pública de apresentação da proposta aos moradores”, anunciou ainda Miguel Salvado. “Assim que a situação pandémica o permitir, iremos promover uma sessão que será realizada no Mercado das Torcatas”, afirmou o responsável.

 

Desconfinamento cultural em Almada começa já em Abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *